Bruno Notícias

Notícias/Agro

Presidente da Aprosoja Brasil não vê produtor conseguindo rentabilidade na safra 21/22

Estiagem no Sul e o excesso de umidade no Norte

Presidente da Aprosoja Brasil não vê produtor conseguindo rentabilidade na safra 21/22
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A safra de soja 2021/22 está em pleno desenvolvimento, mas cheia de desafios. A estiagem no Sul e o excesso de umidade no Norte é um deles, além dos custos de produção. Sobre esse último tema, o presidente da Aprosoja Brasil, Antônio Galvan, considera que a temporada passada foi relativamente boa, com custos acessíveis e margem garantida de renda. Porém, segundo ele, o cenário para o ciclo atual é bem diferente.

“Este ano, inverteu toda a situação. Subiu muito os nossos insumos, o preço da soja ficou estagnado, inclusive caiu um pouco proporcionalmente ao que já chegou a atingir”, avalia. “A recomendação é a de sempre: faça seus negócios onde você consiga garantir os custos de produção, se é que você vai conseguir nesses atuais preços, e depois possa esperar um pouco no mercado”, destaca.

FONTE/CRÉDITOS: Canal Rural
Comentários:

Veja também